ASSINE o Comitê Popular Rio e receba sempre as últimas notícias

BUSCA no Comitê Popular Rio

A cada bomba lançada pela polícia, um computador a menos nas escolas públicas

2 de julho de 2013

Imagem: Felipe Dana/AP
Imagem: Felipe Dana/AP
Imagem: Felipe Dana/AP

Imagem: Felipe Dana/AP

Após a Polícia Militar do Rio de Janeiro lançar mais de 4 mil bombas – inclusive fora da validade – para reprimir violentamente a manifestação do dia 20/6 no Rio de Janeiro, um pedido de 2 mil bombas com dispensa de licitação foi feito à Condor S/A Indústria Química. O valor: R$ 1,6 milhão, ou seja, R$ 800 por bomba. Cada bomba equivale a um computador, que poderia equipar as escolas públicas do Estado e dar acesso aos estudantes a outro tipo de informação, que não vem da manipulada grande mídia. Quantos milhões são gastos em bombas, hora extra de policiais, e todo tipo de artefato de repressão? O que poderia ser feito com estes recursos? Melhor empregados, a repressão seria necessária? Comentários abertos.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2013/06/27/estoque-acaba-e-pm-compra-bombas-emergencialmente.htm